sic@riodoce.mg.gov.br
(31) 3883-5235 / 3883-5242 / 3883-5438 
6d109d7c3c88dcf7fe2def8570181466.jpg

SOCIEDADE CIVIL

 

Entidades em Rio Doce: Associação dos Amigos de Rio Doce, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Grupo da 3ª Idade Alegria de Viver, Associação das Costureiras de Rio Doce, Associação Comunitária do Jorge e Associação Comunitária de Santana, Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP).



ACORD


No ano de 2004 entrou em funcionamento a Hidrelétrica Risoleta Neves, parceria entre a Novelis Brasil e Vale do Rio Doce. Durante sua construção gerou cerca de dois mil empregos e durou perto de 4 anos. Com o término das obras os únicos investimentos que permaneceram foram aqueles que supriam as necessidades dos atingidos diretamente pela hidrelétrica, essencialmente ligados a setores agrícolas.


Neste contexto surgiu em abril de 2009 a ACORD - Associação das Costureiras de Rio Doce –, através das intervenções do CRAS, que identificou a possibilidade de organizar um grupo com o intuito de gerar renda, capacitação e impulsionar o setor industrial e comercial na cidade e microrregião, tendo como objetivo alavancar o mercado de trabalho e mão de obra local.
A ACORD é constituída por mulheres com idade entre 23 e 62 anos, todas riodocenses, que num primeiro momento participavam de projetos oferecidos pelo CRAS destinados à comunidade com perfil de risco como preconizado pelo governo federal (ex: bolsa família).


A partir da adesão, foi criada uma oficina de corte e costura, percebendo-se logo em seguida a necessidade de ampliação desta atuação. Assim formou-se a associação com base num estatuto que dita as responsabilidades, direitos e obrigações de cada membro, direcionando onde cada um iria atuar.


A Prefeitura Municipal de Rio Doce como parceira e apoiadora, doou as primeiras máquinas, contratou profissionais para qualificar os membros da associação, concedeu espaço físico e também se tornou o primeiro cliente da associação ao contratar seus serviços. Num primeiro momento os recursos advinham da parceira, ou seja, a Prefeitura de Rio Doce. Hoje pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido, parte dos recursos é gerada pela própria ACORD.

Compartilhe nas Redes Sociais: